RUME AO ORIENTE

| OCEANÁRIO E VIZINHANÇA

Na última estação da linha vermelha do Metropolitano de Lisboa, a Estação do Oriente, fica o Parque das Nações. É um conjunto de prédios culturais, construídos para a Exposição Mundial de 1998. Tudo era muito animado então, mas a verdade é que hoje algumas áreas estão sem uso. Não perca tempo, e vá direto ao que interessa.

A Gare do Oriente, onde você deve desembarcar do metrô,  já é um atração em si. Além da estação final do Metropolitano, ela também é um terminal de ônibus, no térreo, e uma estação de trem, no pavimento superior. Projeto impressionante do starchitect Santiago Calatrava.

Na beira do Rio Tejo fica o teleférico. O passeio não tem lá uma vista tão sensacional, mas se você é como eu, e ama ver qualquer coisa de cima, não deve perder esse.

Por aqui o almoço é no D’Bacalhau, pra comer… adivinha o quê?!

Por último, a grande atração: o Oceanário de Lisboa. Estive 3 vezes em Lisboa e fui ao Parque só pelas belas arquiteturas e pelos banquinhos listrados de azul, torcendo o nariz para fila de crianças no Oceanário. Na quarta visita decidi que era hora de parar de fingir que era gente grande, e fui lá ver do que todo mundo falava. Nunca me diverti tanto! Uma tartaruga já passou embaixo dos seus pés? Um tubarão já esteve a 2 palmos do seu nariz? Você já ficou 15 minutos hipnotizado pelas lontras marinhas dando cambalhotas em grupo? Eu desconfiaria do caráter de qualquer pessoa que não solta pelo menos uma gargalhada nesse ambiente.




  • Loading
    http://www.ovodecodorna.com/wp-content/themes/ovocito-v3

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X