Parte do Ovo de Codorna nasceu, cresceu e, depois de muitas voltas, voltou a viver no Rio. A cidade tem incontáveis falhas. É partida, injusta, mal cuidada e mesmo assim, amor pra vida inteira.

A diferença do Rio para as demais cidades é que as atualizações serão contínuas, já que as descobertas não param. Os primeiros posts contam as programações clássicas.

Particularidades:

  • Fala-se mal do serviço carioca. Como bairristas que somos, insistimos em minimizar a questão. Sou a primeira a exaltar todo e qualquer atendimento eficiente, na tentativa infantil de exaltar a exceção como regra. Meu principal argumento é que o Rio é melhor do que diversas outras cidades do mundo. Tolice minha. Nivelar por baixo não ajuda em nada. Dentre os nossos predicados, esse realmente passou longe. Depois dessa breve espinafrada,  apresento Cliente paulista, garçom carioca do colunista Antonio Prata como um cafuné nos meus conterrâneos.
  • O entretenimento carioca tem dois momentos de glória: o nascimento e a decadência. Por isso, a cada visita vale tentar descobrir qual o novo samba, novas festas ou restaurante. Quando eles crescem e ficam famosos, em geral, perdem a graça. Alguns anos depois, quando a sociedade enjoa do recinto, pode ser a hora de voltar e aproveitar os méritos que criaram os mitos.
  • Carnaval e Réveillon por aqui podem te levar ao céu ou ao inferno. A cidade fica abarrotada, intransitável. É fácil se irritar! No entanto, se seu olhar for benevolente e a sua sede de esbórnia for maior do que tudo, as probabilidades de diversão são positivas. Só não vale, nem por um instante, fazer biquinho e dizer que  não avisei na hora que se encontrar imóvel entre 1.000.000 de pessoas de acordo com a estimativa da Polícia Militar.
  • Não importa o quanto os índices de violência tenham reduzidos. Arrepio-me de ver gente com jóia, câmera cara ou qualquer tipo de objeto de desejo à mostra. A cidade não está pronta para esse tipo de liberdade. Pelo menos, eu não estou.
  • O Rio tem 14.000 taxis nas ruas e nenhuma boa razão pra se sair de carro. O Taxi Beat é um aplicativo fantástico que te poupa o trabalho de fazer o sinal e te fala as reviews sobre o carro que você vai entrar. Para os tradicionalistas, recomendo o JB Taxi, (21)2178-4000. Eles são populares, mas infalíveis.



  • Loading
    http://www.ovodecodorna.com/wp-content/themes/ovocito-v3

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X