RIO ANTIGO

| CENTRO

É importante ter em mente que o Rio foi a capital de um grande império e seguiu durante muitos anos como a capital do país. Educar o olhar para ver resquícios dessa história em alguns lugares especiais da cidade é fundamental.

O recanto mais óbvio para conhecer o Rio antigo é o centro da cidade, então por que não começar pelos Museu Histórico Nacional? Essa foi a primeira instituição dedicada à história do Brasil, criada em 1922 em um antigo forte militar para comemora os 100 anos da independência. É comum famílias muito tradicionais – e ricas, claro-  fazerem casamentos aí.

O lugar mais suntuoso dessa região sem dúvida é a Cinelândia. No entorno de uma mesma praça, a Praça Floriano, há:

  • O magnífico Theatro Municipal – que teve interior e fechada reformados por ocasião de seus recém-completos 100 anos e traz poltronas goiaba para lá de charmosas (e que, sem dúvida, mereceria bem mais do que essas poucas linhas)
  • Palácio Pedro Ernesto – onde funciona a Câmara de Vereadores da cidade
  • Museu Nacional de Belas Artes – prédio em estilo “eclético” (algo que se ouve e lê muito sobre a arquitetura da cidade), de enorme importância histórica, embora bem pouco aproveitado pela sociedade local
  • Biblioteca Nacional  – que recentemente tem passa por um processo de reforma r reformulação administrativa, é bem pouco prático para nós, pesquisadores, mas vale a entrada sorrateira
  • Cine Odeon – uma pérola déco e talvez o cinema de rua mais antigo da cidade, um dos poucos que até pouco permanecia de pé e agora não se sabe o que vai acontecer.

Do outro lado da Cinelândia, está a famosa Lapa. Reduto da Boemia carioca, tem uma profusão de bares, boites e casas de shows. Procure saber o que há o Circo Voador ou na Fundição Progresso. Se a onda é samba, não deixe de ir no Rio Scenarium e no Semente. Indico também o Teatro Odisséia para os alternativos. Para comer, tradição pura do bolinho de bacalhau do Bar Brasil ou do cordeiro do Nova Capela. Um lugar novo é a pizzaria no segundo andar da casa de shows Carioca da Gema. Os dois valem a pena.

A Zona Portuária, que começa com a Praça Mauá, no iniciozinho da Avenida Rio Branco, é um mundo à parte. Corra para conhecer antes que as grandes reformas promovidas pela prefeitura para o Porto Maravilha alterem para sempre a configuração do local.

Morro da Conceição – da Praça Mauá, olhe para cima. É uma comunidade de descendentes de pescadores e trabalhadores do porto portugueses, que se fixou aí reproduzindo algo como um Porto em miniatura. O lugar está caindo nos encantos do povo de cultura, que nos últimos anos tem feito feiras literárias, criado ateliês de moda e pintura.  Passeie e procure o bar Imaculada para ver o que há no cardápio do dia, tomar uma cachaça da boa e ver nas paredes as exposições de artistas locais. No alto do morro, não passe direto pela Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição (XVIII) e da igreja de São Francisco da Prainha (XVII). No Rio, em particular, e no Brasil, no geral, nunca se sabe quando um prédio histórico será vendido para uma farmácia, um supermercado ou uma igreja protestante.

Pedra do Sal – uma das subidas para o Morro da Conceição fica na Pedra do Sal, literalmente uma pedra que ganhou esse nome quando os estivadores e escravos despejavam ali o sal trazido do porto. Aí se constituiu uma comunidade quilombola e uma das várias lendas da cidade diz que foi um berço do samba. Se foi berço, é controverso, mas o fato é que até hoje todas às segundas e sextas o povo local (e os curiosos) se reúnem na batucada mais tradicional da cidade.

Museu de Arte do Rio – o recém inaugurado MAR é o mais novo museu da cidade, parte do esforço das mudanças para revitalizar o local. O prédio é bem bonito e se integra curiosamente bem à paisagem meio decadente local. Os cariocas estão depositando muitas esperanças neles. Para além disso, o primeiro andar tem uma riquíssima coleção de obras de artistas contemporâneos, facilmente encontráveis pelas festas e bares da cidade.

Passeie por aí e reconheça alguns desses lugares no vídeo de 1936: City of Splendour.




  • Loading
    http://www.ovodecodorna.com/wp-content/themes/ovocito-v3

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X