Um bairro camarada, que fica a um expresso de você e te tira da bolha de glamour.

Abyssinian Baptist Church – as missas animadas acontecem às quartas e domingos. Eles são piores do qualquer hostess de boate e a fila é grande. Por isso, se você realmente tiver vontade de ouvir a cantoria, vá de calça, sapato fechado e chegue cedo. Não tenho um depoimento pessoal pra dar porque cheguei tarde, de short curto e fui barrada. Ressalvo, porém, que de ateus a judeus, todos elogiam o coral.

Apollo Theater – o célebre teatro tem várias atrações, mas o show de calouros às quartas merece sua atenção. Saí rouca de tanto torcer e com as mãos vermelhas das palmas exaltadas.

Parlor Jazz at Marjorie Elliot’s  – na casa dessa senhora um jazz da melhor  qualidade em homenagem ao filho dela. Alegre e bonito.

Para completar o programa, seja lá quais você tiver escolhido, não deixe de ir ao Red Rooster. Comida sulista bem boa, orquestrada pelo Marcus Samuelsson, que era o chef do Aquavit. Tem jazz no brunch de domingo e alguns outros dias. Descubra quais. O pão de milho, o frango e a trufa de chocolate merecem toda a atenção.

Do lado do Harlem, ao sul fica Morningside Heights, que é bonito e tem belas casas na beira do rio. Lá também estão:

Columbia – puxo uma sardinha porque estudei lá,  mas a universidade é linda e no meio você ainda vê uma juventude dourada.

Saint Paul – a minha igreja favorita continua sendo a Saint Patrick, mas essa tem em sua construção marcas da mudança na história da cidade e muita beleza.




  • Loading
    http://www.ovodecodorna.com/wp-content/themes/ovocito-v3

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X