DESCUBRA POR QUE TANTO FRENESI

| COMER E BEBER WILLIAMSBURG

É difícil fugir de Williamsburg. Coisas boas surgem por aqui com uma facilidade assustadora e quando você cai em si, todos os caminhos apontam pra cá. Ao mesmo, dependendo de você estiver hospedado, pode ser demorado chegar por essas bandas (o metrô é a maneira mais rápida e esperta). Por isso é bom começar com uma programação infalível.

Um dos restaurantes com mais fãs enlouquecidos é o Marlow & Sons – como o nome adianta é um negócio familiar. A decoração adorável e eles servem, café da manhã, brunch e jantar. Sempre acho mais divertido jantar, mas os quitutes vespertinos são igualmente deliciosos com atenção especial para o patê de ganso. O menu é mínimo e muda o tempo todo, o que é uma qualidade por facilitar a dor da escolha e evidência de que os ingredientes são frescos. O brick chicken e o black sea bass são ótimos. Não é do meu feitio me descabelar por sobremesa, mas aqui é difícil. Entre a torta de chocolate com caramelo salgado e o sorvete da casa, quero tudo.  É para se refestelar e esperar na fila sem fazer beicinho.

Depois da farra – de dia ou de noite, o The Ides – bar do Wythe Hotel,  merece uma visita porque tem uma vista extraordinária de Manhattan. O clima é ótimo e dizem por aí que nunca se viu bartenders  mais mimosos.

Se o pique estiver alto ou se você estiver sob o efeito de cafeína, rume ao Brooklyn Bowl,  um boliche de verdade, super bem cuidado, com música boa – e pelo menos um show por noite – e bar eficiente. Não sei exatamente qual o segredo para ser tão divertido, mas funciona bem e quando você pisca o olho, o dia está quase amanhecendo.




  • Loading
    http://www.ovodecodorna.com/wp-content/themes/ovocito-v3

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X

    Seja da nossa turma.
    Cadastre-se!

    Cadastre aqui seu email

    X